22 junho 2009

Dueto

Entre sonho e realidade
Sou somente momento
Numa réstia de saudade
Instante em comento

Realidade que apavora
Solidão que incomoda
Ouço a voz do vazio
Em pensamento, fantasio

Entre vozes e emoções
Sentimentos e corações
Do querer, e viver
Do gemido, do poder

Duo face; sorriso outro.
Inesperado novo encontro
A paz que não se renova
A vida, que se desaprova.

Da ligação que não se encerra
Da verdade que se tolera
Na busca efetiva do amor
Sou um só sentimento: dor.